Desastre em Mariana e como o Turismo pode ajudar

5 de novembro de 2015. Santarém e Fundão, as duas barragens com rejeitos de mineração operadas pela Mineradora Samarco se romperam, soterrando totalmente Bento Ribeiro, um subdistrito de Mariana. Outros distritos também foram atingidos: Paracatu de Baixo, Camargos, Ponte do Gama e a cidade de Barra Longa. O estrago foi tanto que Bento Rodrigues foi completamente interditada.

Quase dois anos depois e o assunto caiu no esquecimento.

E como o turismo pode ajudar?

Sendo o turismo considerado uma prática social que interfere no meio ambiente e nas relações sociais, devem ser analisada além das questões ligadas a economia, pois esta ligada a experiência de cada pessoa que se envolve ou põe em prática o turismo.

Esse é mais uma forma de exercer o turismo de empatia.

A história de Mariana está interligada ao período de descobertas, busca pelo ouro, religiosidade, guarda em na sua essência lembranças do Brasil Colônia. A tragédia que afetou a cidade – e comoveu o país – não chegou ao centro histórico, por tanto não temos desculpa para evitá-la! Vamos visitar Mariana! Vamos viajar! Vamos ajudar na reconstrução da cidade e preservar sua memória fazendo o que mais gostamos: Simplesmente viajar.


Deixe uma resposta