Feriado prolongado no Rio de Janeiro.

Bem vindos a mais um episódio da série “Roteiro Turístico Alternativo – Final de semana, feriado prolongado e férias no RJ”.      Admito que passei a semana toda animada para publicar pra vocês mais uma ideia fora do padrão! Inclusive pensamos que esse roteiro pode ser usado (e bem aproveitado!) agora na época de carnaval… Logo entenderão porquê.

Primeiro dia é aquele que você chega na sua hospedagem, faz o reconhecimento do bairro a pé e aproveita para comer num lugar bacana, por tanto orientamos que nesse período de 5 dias se hospedem em Botafogo.  É um bairro entre o Centro da Cidade e Copacabana; separados apenas por um túnel.  A travessia desse túnel é feita muitas vezes de bicicleta, a pé ou de automóvel.   Minha irmã e eu já fizemos tanto a pé quanto de bicicleta e ônibus.

Agora que já nos instalamos em Botafogo fica tudo mais fácil.

 Na manhã do segundo dia que tal um passeio pela praia de Botafogo para admirar a boa vista do Cristo Redentor?  A praia é imprópria para banho, mas nada te impede de jogar algum esporte na areia ou dar pedalar pela ciclovia.

Botafogo é bacana porque apesar de ser considerada zona nobre da cidade, é um bairro mais barato que Copacabana, Ipanema, Leblon e até mesmo a Barra da Tijuca.  Não vai ser difícil encontrar restaurantes em conta para almoçar.  Eu, como leitora de blogues de viagem, fiquei muito feliz quando encontrei o post do ViajeSim.   Eles dão 5 opções para comer bem e barato em Botafogo, e eu jamais colocaria aqui se não aprovasse.

 Muitas vezes o próprio hostel – caso você fique hospedado num – tem eventos noturnos. Meu amigo ficou hospedado num que tinha caipirinha gratuita até 2h da manhã!

O terceiro dia seria aquele dia coringa para você fazer o que desse na telha;  Acordar mais tarde, sair com aqueles amigos que fez no dia anterior.  Fugir totalmente do planejado.  Aliás, você está viajando para relaxar e não para seguir a risca o roteiro como se fosse mais uma rotina.   Liberte-se, faça algo inesperado!

Que tal começar o quarto dia tomando café da manhã no Parque Lage?  Esse é um programa tradicional, mas infelizmente esse não é um programa barato… A não ser que você leve seus quitutes para um piquenique.  Esse é um hábito bastante comum, aliás.  Funciona diariamente das 8h as 17h, estendendo-se as 18h no horário de verão.

Para fechar o dia reserve um acento numa peça de teatro! Há vários teatros espalhados pela cidade inteira e tenho certeza que haverão peças em conta e divertidas para assistir.  No post anterior dos Três dias no Rio falamos que aos domingos o Theatro Municipal costuma oferecer espetáculos a preço popular, e é super verdade.   Esteja de olho na programação deles!  Só por estar lá dentro já vale a pena, viu?  É lindíssimo.

Quarto e penúltimo dia deixamos reservado para vocês algo mais de raiz.    Claro que isso é só uma ideia.

Localizado na encosta do Morro da Conceição, os Jardins Suspensos do Valongo, foi considerado um jardim romântico para que a sociedade pudesse passar suas tardes.  Admito que ficaria mais encantada se tivesse companhia!  O lugar é um achado para os cariocas e um tesouro para os estrangeiros!  Eu não vejo a hora de voltar, ainda mais porque ao sair dos Jardins podemos ir ao Samba da Pedra do Sal (Falamos desse Samba no post dos Três dias no Rio também!)

Jardins Suspensos do Valongo

No último dia, dependendo do horário do seu retorno, indicamos uma ida ao Parque do Flamengo que é logo do lado de Botafogo.  Há, por exemplo, os jardins do Museu de Arte Moderna para visitação.

Na próxima segunda feira vamos presentear vocês com mais um lado alternativo da cidade, e dessa vez com 30 dias de disponibilidade.  Até breve!


Deixe uma resposta